quinta-feira, 28 de agosto de 2014

EU VOLTEI, AQUI É MEU LUGAR...


É, parece que com a chegada da frente fria em SP, as vendas da famosa marca diminuíram e o jeito é dançar. Ainda bem que algumas pessoas dançam...


É sempre bom voltarmos para os locais nos quais somos bem acolhidos. Para tanto, é preciso sairmos com humildade e não batermos a porta. Deixe apenas encostada!



Créditos do vídeo: Danger Dance Clube

domingo, 24 de agosto de 2014

ÓTIMO DOMINGO, BRASIL


Fotografia: Ronaldo Donizeti
Modelo: Marcos Seya
Agradecimentos: Germano Netto 

CURTA ES COLLECTION NO FACEBOOK

                      foto: www.loverboys.com.br







      TREPANDO POR OBRIGAÇÃO 

Eu também acho que devemos dar oportunidade para aqueles que estão em situação desfavorável. Falei oportunidade. Isso significa também, investir nos atores, afinal, eles serão expostos para sabe-se lá quantas pessoas, tendo assim, sua imagem e trabalho vendidos.
O menino que assume papel de ativo no filme,do qual esse print foi extraído, é um velho conhecido do centrão. Ele fez a alegria de muitos na era dos cinemões. Infelizmente, não teve a sorte de encontrar sua manteúda e acabou ficando numa situação que nem por sexo podia cobrar.
Está se recuperando, mas algumas sequelas, naturalmente ficaram e demandam tempo para serem sanadas. 
Acho louvável a atitude dos meninos do Mundomais ,em investir nele, dar uma oportunidade. Ele tem uns 3 vídeos no site, salvo engano.

sábado, 23 de agosto de 2014

DO MALÍCIA PARA NÓS


                               Para ver tudo, é necessário ser assinante do www.malícia.com.br

POR BUMBUNS MAIS BONITOS



                           Ai que absurdo!
Ainda está na minha cabeça, a cena da primeira vez que botei a bunda do meu curumim  pra cima. Que coisa absurda!! Uma bunda linda, de macho que pensa que é hétero! Uma linguada e, entre gemidos, pedia pra não parar. " Não, para, não para..que delícia, que delícia".." Que é isso, que é isso..."

REPOST - MICHÊ CARIOCA



quinta-feira, 14 de agosto de 2014

LAGOA: TUDO DO MESMO E UM POUCO PIOR





Perdi a conta do total de meses que fiquei sem ir ao antro. Minha imaginação já dava conta das possíveis carnes novas, de todo o jogo de sedução, de escolha. Acordei quando adentrei e dei de cara com Alex motoboy, pelado, masturbando aquela jamanta que ele chama de pau! Tudo bem que é grande, mas não é bonita nem garante ereção. É meia bomba sempre!

Entrei e parece que ninguém gostou, pois meia hora depois, todos os que eu achava que eram ruins, na verdade eram os bons, os que ficariam, seriam capazes de me fazer ir embora, se eu não estivesse tão a fim de fazer sauna!

Victor, Bradock, Alex, Darlan, o estranho do Rio…

Este,



Este



Mais estes

Fui ao fumódromo ver se tinha mais e sem querer, ouvi, na senzala, quando um dos atendentes do bar xingava uma bicha em sua ausência

“Tem stella?..Ah…viado do caralho…ainn..num tem stella??...vou mostrar a Stella pra ele”

Ao se deparar comigo, de passagem, sua pele de tom encardido deu lugar à palidez, oriunda de situações espantosas. Fiz questão de deixar claro que ouvi. Voltei ao bar, puxei a banqueta, sentei e ordenei ao mesmo abusado: me dá uma Stella! Ele percebeu meu tom de deboche e atendeu prontamente. Por acaso, a bicha antes xingada, estava ao lado e soltou: “Viu, nem só eu gosto de stella.”

Aproveitei a deixa e comecei, com palavras, a espremer a bicha. Me contara que há meses não ia, mas que a sauna continuava a mesma coisa. Ruim. Tratou de me dizer que já tinha dado para vários dos boys presentes e era capaz de me dizer quem era bom ou ruim. Dispensei e notei quando um dos piores, passou perto de nós e deixou algo de tom esbranquiçado, escondido na mão da viada”

Eu estava há dias sem sexo. Com meu curumim impossibilitado de fazer amor, procuro pegar outros, em caso de extrema necessidade. Preciso demonstrar que não quero apenas seu corpo e não é só isso que quero mesmo, senão, já teria deixado o barco afundar.

Uma volta no Jacuzi e os olhos famintos  partiam em minha direção. Uns boys tomavam aquele que talvez, fosse o único banho do dia. Uma bicha arriscava dividir a água com eles. Outros se vestiam para ir embora, enquanto poucos outros, se despiam para assumir seus postos. É a rotatividade natural d comércio. Com Bradock, uns 4 eram pagáveis. O negro de Ébano estava trajando apenas uma toalha branca. Seus pelos pubianos, aparados, podiam ser contemplados bem de perto. Nada me movia. Estava frígido! Quando comecei a reparar bem no dotadão, lembrei dos filmes bareback que ele fez para o Hotboys. Tudo bem que não sabemos se os outros não fazem sem, mas uma coisa é você escolher alguém, conscientemente.

Era aniversário de um gogo qualquer e foi se aproximando a hora da distribuição dos quitutes. Posicionei-me para não perder nenhuma cena. Enquanto iniciavam o mata fome dos boys, Darlan se aproximou e começamos um papo bom. Meu desejo foi finalmente despertado, mas não era ainda alguém que me fizesse pagar para trepar. Pensei num vício básico e sei que rolaria. Trocamos carícias, risos. Alertei que ele estava deixando de ganhar $$ pois as bichas poderiam achar que ele estava comigo.

Um coroa sentado à mesa na da área de TV em extrema solidão, foi sua investida. Voltou imediatamente e me informou que o cara estava duro!

Eu ri discretamente e disse: Também estou…mas podemos fazer algo que o dinheiro não tenha tanta importância. Definitivamente eu não estava interessado, por isso nem investi no vício. Uma coca e um lanche renderia uma transa no banheiro. Pediu licença e foi pra fila da distribuição do bolo de sauna. Voltaria em seguida para meu pé!

Insisti para ele negociar com o coroa que estava duro…ele ganhou uma fanta uva, sentou-se à mesa e nem sei se fez o Pg.

Ignorei o show das gogas e fui fazer sauna. Estava vazia. O carioca estranho, que perde o tempo nos xingando e ofendendo, entrou em seguida. Fiz cara de não estou aqui e ele falou com voz de quem não tem o dom da oralidade:

“Fazer um programa”?

“Oi”?

“150”

“Sou carioca.”

“Legal e eu Paraibano”

“Kkkk”…

Bati a porta da sauna e saí, enquanto começava a ouvir seus resmungos.

Apenas um, me fez tremer. Grandão, branco, tatuado, lindo…uma boca enorme, com dentes à mostra…um verdadeiro pitbull (não confundir com o do litoral, que é Lassye) Aquele que seria o motivo para eu gastar 100, estava praticamente de mãos dadas com um senhor. A bicha era daquelas que adota o boy da sauna a noite toda. Eu não ia bancar a rouba boy…

Falei pra mim mesmo que estava frígido e o GPS me direcionou para casa de um casal de amigos na Zona Leste. Havia marcado para jantar às 22h. Meia noite, adentro a cozinha e sirvo de chacota: Fui acusado de estar no cinemão, devido ao cheiro de eucalipto que infestara a casa com minha chegada. Confesso que enquanto me gongavam, eu imaginava que seria bem melhor se houvesse a ressuscitação do Cine Saci…

O dia seguinte, seria a data de comemoração de 1 ano do relacionamento aberto do casal mais moderno que ja conheci...



By Madame K


Aguarde os próximos posts:


Reunião em amigos: Suruba garantida!
A queda da Zhenayde!


 

domingo, 10 de agosto de 2014

UM KAFUSSU PRA CHAMAR DE SEU


Acabei de ser informado pelo meu segundo "hétero", que se casará em breve. Mais uma esposa que entrará pro time das enganadas!

            Um amigo continua pegando um ex michê, que casou-se com uma mulher linda!
Veja em vídeo aqui